12 de junho de 2017

[Resenha] Das Vindimas no Douro ao Rio de Janeiro


DAS VINDIMAS NO DOURO AO RIO DE JANEIRO
Autora: Ana Mariano de Carvalho
Editora: Hyria
Ano: 2016
Páginas: 224

Livro cedido em parceria com a editora

SinopseBento é um rapaz sonhador de 21 anos e que mora em uma cidade pobre do interior de Portugal, a Galafura de 1930. O jovem trabalhador que sempre ajudou o pai na fazenda foi trabalhar no inverno em uma vindima em outra cidade para ajudar na renda.
Lá conheceu o amigo Maurício, com quem dividiu sonhos e suor. Por lá, também conheceu Amélia, uma moça de mesma idade, loira e com um vestido branco que o encantou. Apaixonou-se no mesmo momento que viu seus olhos cor de amêndoa, porém, foram apenas cinco minutos perto um do outro.
Convencido pelo amigo, os dois decidiram partir para o Brasil, terra de oportunidades, para enriquecerem e darem boa vida as famílias. O caminho foi longo e cheio de aventuras, os dois amigos chegaram à terra nova com ambição e determinação e enfrentaram grandes desafios. Contudo, a jovem Amélia, da Vindima Nossa Senhora do Rosário, reapareceu para agitar a vida de Bento e colocar a amizade com Maurício à prova.​
“Ou amor é um sentir que nunca passa algo que entrou e só sairá com muita desilusão, [...] é um sentimento que nasce com o individuo e só será completo com outro igual.”




Em Das Vindimas no Douro ao Rio de Janeiro a história inicia-se no ano de 1930 e se passa em Portugal. Um grupo de trabalhadores chegam a quinta de Nossa Senhora do Rosário para realizar a vindima, ou seja, a colheita de uva. Entre eles vamos conhecer os amigos Bento e Maurício, jovens muito pobres e humildes, que com o trabalho querem ajudar suas famílias.

Durante a temporada de colheita, Bento se depara com uma jovem que arrebata seu coração logo de início, trata-se de Amélia, filha do dono da quinta. O contato é breve, mas o suficiente para o início de uma grande paixão.



Quando termina a vindima, Maurício propõe a Bento de ambos irem para o Brasil, país considerado de oportunidades, e onde poderiam proporcionar uma melhoria de vida para suas famílias.

A principio Bento fica muito receoso, mas vendo o pai, já com idade, trabalhando duro, com a mãe e um irmão cego, ele resolve ir para o Brasil por uma condição de vida melhor.

“Despediu-se do tio Pedro de Mauricio e partiu. Levava consigo a certeza de que os desejos podem tornar-se reais pelo destino guiado por pela vontade na nossa existência.”

O caminho de Bento no Brasil é longo e cheio de acontecimentos. Mas, o mais marcante deles, é a chegada de Amélia no Brasil. Porém, com sua amizade por Maurício à prova, talvez esse ainda não seja o desfecho de uma linda história de amor.


Eu não sou muito de romances, porém por ser uma história entre Portugal e Brasil, eu me interessei pelo livro já na sinopse. E me surpreendi positivamente com o que encontrei.

Não temos um livro meloso, coisa que fujo ao extremo e sim, um romance leve, na medida certa, muito real, afinal nem tudo são flores na vida e nem tudo é como a gente quer e eu achei isso ótimo.

“O olhar dela parou no seu. Por um segundo ele quase jurou que ela estremeceu, que o sorriso desaparecera do seu rosto.”

Das Vindimas no Douro ao Rio de Janeiro traz muito da colheita de uvas em Portugal, que acontece até os dias atuais. É uma verdadeira viagem em terras lusitanas.

A parte em que o Brasil, como uma terra nova, era considerado cheio de oportunidades e palco de vida para muitos que por aqui vieram em busca de melhores condições de vida, também é muito bem descrita. E eu aprecio essa parte histórica.

Os personagens, não somente os dois amigos, mas outros que fizeram parte dessa jornada, foram todos muito bem desenvolvidos e trabalhados no contexto da história. São partes de diversas vidas em busca de um bem.

A escrita da autora me conquistou, me emocionei demais em diversas partes do livro. Acompanhar uma história de amizade, superação, amor, encontros e desencontros são instigantes demais em uma leitura. E o livro tem todos esses ingredientes!

E por fim, parabenizo a Editora Hyria pelo cuidado com a edição. Está perfeita!

Clique aqui e adicione Das Vindimas no Douro ao Rio de Janeiro no Skoob

Para adquirir:



11 comentários:

  1. Olá,

    Não conhecia a obra, mas gosto muito de livros históricos, pois além de nos enriquecer culturalmente, também nos faz viajar no tempo. Excelente resenha!

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia a autora ou a obra, mas considero receita de sucesso essa coisa de misturar história e ficção. Ainda mais uma história que faz parte da nossa cultura!
    Vou anotar a dica!
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Sua resenha está bem pontuada e essa viagem temporal pela década de 30 e a mistura bem dosada de ficção e história, me deixa muito curiosa com esse livro, além de intrigada com qual será o futuro dos personagens.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Heiii, tudo bem?
    Oh que livro mais interessante, acho que nunca li nada que se ambientasse em Portugal e achei legal a carga cultural e histórica da obra.
    Gostei de conhecer mais "Das Vindimas no Douro ao Rio de Janeiro" e vou tentar ler sim.
    Anotei a dica.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  5. Oi

    não conhecia esse livro, mas é histórico né, só aí já me faz crer que tem todos os ingredientes pra ser bom, aí vem vc com essa resenha incrível e me ganha de vez!!!

    Obrigada pela dica!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Fernanda! Fiquei bastante curiosa em relação a história, principalmente a parte dos amigos em busca de uma condição de vida melhor para as suas famílias e que mesmo o Bento com receio de partir, ele consegue se reencontrar com a Amélia. Adorei, e já estou torcendo para que eles fiquem juntos haha! Sua resenha está linda, e me encantei por essa capa! Dica anotada com certeza, bjss!

    ResponderExcluir
  7. olá!
    Gostei da sua resenha, o livro eu não conhecia :)
    Muito legal na história retratar sobre a colheita da uva.
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Não conhecia o livro, mas adorei saber que temos um romance leve nele. Essa questão de ser história e transitar entre Portugal e Brasil é bem satisfatória e que deixa a margem de curiosidade. Com certeza me interessei. Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Também não conhecia este título e gostei de retratar Portugal. Graças a outras obras, a gente conhece muito de Inglaterra, França e Itália, mas pouco do país com quem temos laços mais fortes. É uma boa oportunidade de aprender mais e superar estereótipos. Obrigada pela dica! Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Ainda não conhecia a obra, e parece ser uma viagem interessante a Portugal, gosto quando livros mostram muita coisa de um determinado lugar, dica anotada!!

    ResponderExcluir
  11. Ótima resenha. O livro parece ser ótimo.

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo